quinta-feira, dezembro 03, 2009

Xadrez vermelho e dia do samba! Red plaid and music: samba's day

Yesterday was the samba's day here in Brazil (Well, samba it's a brazilian style of music).
This singer is in my mp3 these weeks and this is a really good song.

Eu sei, eu sei...
O dia foi ontem, mas tenho de fazer esse post porque as músicas do Diogo Nogueira andam no meu mp3 há algumas semanas já. O clip é super bem filmado, e está cheio de grandes nomes do música nacional escondidinhas, repare bem nos personagens!
Se não conhecem vale dar um clic e ouvir a música. Pra mim não há nada como ouvir um bom samba de raiz, alegra o dia e faz dançar.

E porque xadrez vermelho no título do post? Porque ele usa uma camisa xadrez e tem uma cena no final com ela.

Umas foto do filme sobre Noel Rosa, (linda Camila Pitanga!!)

Photobucket
A roupa do malandro é bem conhecida e imitada (pricipalmente em época de carnaval, quando samba ganha maior destaque). São homens com ternos brancos impecáveis, chapéu panamá, e sapatos bicolor. A rua era a passarela dessa produção caprichada. Na época em que Rio de Janeiro ainda era capital, se vestir assim era uma forma de comunicação, era dizer muito sobre quem se era e onde se vivia
Nos anos 40 quando moda francesa, inglesa ditava vestuário masculino, era inconcebível alguem de terno branco, todo de branco. Se procurava ternos escuros fazendo uma ligação desses modelos europeus a uma afirmação da aritocracia nacional, uma busca de suposta sobriedade. A cor branca estava ligada aos trópicos, e pensa bem estar de terno preto no calor do Rio de Janeiro!
Dessa época surge outro simbolo de vestuário: A camisa de seda do malandro. Muitos dos sambistas e frequentadores de gafieira também lutavam capoeira e essa era uma forma comum de se defender de algum ataque. Para se proteger de algum ataque de navalha durante a luta, eles passaram a usar camisas de seda. "navalha não corta seda" na realidade no tecido a lamina dá uma escorregada, mas era o tempo necessário para o capoeirista/malandro se defender.

Cheio de simbolos e significados sociais, a figura do malandro foi modificada ao longo do tempo, não contei tudo neste post, mas quem sabe eu preparo um mais caprichado misturando um pouco de história, o rio das décadas de 20 à 40 e as varias vertentes para se caracterizar de malandro e as diferenças entre elas.

=**

Um comentário:

Cris disse...

gentem que blog arrasador :D
FLOR, a Camila está bem digna mesmo né:D


ChÊrinho :*